A verdade dos fatos é a nossa notícia

Economia

Vitória desbanca Floripa e tem metro quadrado mais caro do Brasil em 2023

Vitória desbanca Floripa e tem metro quadrado mais caro do Brasil em 2023
Cidade lidera preço do m² entre capitais; destaque para Balneário Camboriú no ranking geral.

Por Marcos Rocha

Vitória (ES) se destacou em 2023 como a cidade brasileira com o metro quadrado mais caro, superando outras capitais de acordo com o Índice FipeZap. A capital do Espírito Santo apresentou o valor médio por metro quadrado mais elevado entre as 16 capitais analisadas, atingindo a marca de R$ 10.877/m². Florianópolis, capital catarinense, ficou em segundo lugar com um metro quadrado médio de R$ 10.786, seguida por São Paulo (SP) com um valor médio de R$ 10.676 por metro quadrado.

Além das capitais, o Índice FipeZAP também avaliou os preços em outras 34 cidades brasileiras. No panorama geral, o metro quadrado mais caro do país foi registrado em Balneário Camboriú, cidade catarinense, com um preço médio de R$ 12.624/m². Itapema, também em Santa Catarina, ficou em segundo lugar, registrando um valor médio de R$ 12.498/m².

O Índice FipeZAP, que analisa o comportamento dos preços de venda de imóveis residenciais em 50 cidades brasileiras, encerrou 2023 com uma valorização de 5,13%, superando os principais índices de inflação do mercado imobiliário. O IGPM/FGV caiu 3,18% no último ano, enquanto o IPCA subiu 4,45%.

Todas as 50 cidades monitoradas registraram aumentos nos preços, incluindo as 16 capitais. Maceió teve a maior alta entre as capitais em 2023, com um aumento de 16% nos preços. Considerando todas as cidades monitoradas pelo índice, a maior alta foi novamente registrada em São José, Santa Catarina, com um aumento de 19,63% nos preços de venda.

Conexão Política

Midia move o mundo