A verdade dos fatos é a nossa notícia

Guerra ao Terror

Israel intensifica bombardeios em Gaza antes de invasão terrestre

Israel reuniu dezenas de milhares de soldados em torno do enclave para uma invasão terrestre amplamente prevista e afirma que os seus ataques diários já mataram muitos líderes e comandantes militares do Hamas. As tropas israelenses irão agora intensificar os bombardeios pois querem minimizar os riscos para quando iniciarem uma invasão terrestre, disse o porta-voz militar, almirante Daniel Hagari, neste sábado. Segundo o Hamas, ataques noturnos na Faixa de Gaza, na madrugada deste domingo, mataram pelo menos 80 pessoas e destruíram mais de 30 casas. Em Rafah, um jornalista da AFP viu um homem carregando o corpo de seu bebê enquanto as pessoas choravam perto de uma fileira de cadáveres.

Israel alertou mais de 1 milhão de residentes do norte de Gaza para se mudarem para o sul para a sua segurança, e a ONU afirma que mais de metade da população do enclave está agora deslocada internamente. Acredita-se que centenas de milhares de civis permanecem dentro e ao redor da Cidade de Gaza, no norte, sem querer ou poder sair. Uma primeira gota de ajuda entrou na sitiada Faixa de Gaza neste sábado, mas os 20 caminhões autorizados a atravessar foram descritos como uma “gota no oceano”, dada a situação humanitária “catastrófica” de 2,4 milhões de pessoas. A passagem foi fechada posteriormente e os responsáveis ​​da ONU alertaram que era necessário muito mais.

À medida que aumentam os receios de uma conflagração mais ampla do conflito entre Israel e Hamas, o Pentágono disse que estava reforçando as suas forças no Oriente Médio para “ajudar na defesa” de Israel, aliado dos EUA. O secretário de Defesa dos EUA, Lloyd Austin, disse neste sábado que ordenou o envio de um segundo grupo de ataque de porta-aviões no Mediterrâneo oriental e de batalhões Patriot adicionais.

O Pentágono também disse que estava notificando tropas adicionais para “se prepararem para receber ordens”, sem especificar quantas ou quando poderiam ser enviadas. Comandantes israelenses visitaram unidades da linha de frente neste sábado para reunir tropas antes da esperada invasão terrestre.

— Gaza é densamente povoada, o inimigo está preparando muitas coisas lá, mas nós também estamos nos preparando para elas — disse o tenente-general Herzi Halevi a uma brigada de infantaria durante uma visita.

Uma invasão terrestre representa inúmeros desafios para as tropas israelenses, que provavelmente enfrentarão armadilhas e túneis do Hamas, e também devem pesar a segurança de mais de 200 reféns.

Mas, o poderoso e bem preparado  Exército de Israel está pronto.

ANI/AFP/G1/GNI/RNT

Rede GNI | A verdade dos fatos é a nossa notícia https://redegni.com.br/ Twitter: @RedeGNI Gettr: @RedeGNI Instagram: RedeGNIreal