A verdade dos fatos é a nossa notícia

Brasil

Homem reage prisão e é morto pela polícia; havia degolado a mãe e incendiado o corpo

O homem de 31 anos suspeito de esfaquear e atear fogo no corpo da mãe, de 61, foi morto na madrugada deste domingo (17) em Santos, no litoral de São Paulo. A PM recebeu uma denúncia sobre a localização de Caio Augusto Navarro Arisa e o encontrou com dois homens não identificados. De acordo com o Boletim de Ocorrência (BO), assim que notou a presença dos policiais Caio puxou uma faca e atacou a equipe, momento em que foi baleado.

Caio é suspeito de ter matado a mãe, Elisabeth Amelia Navarro, encontrada por bombeiros após o combate a um incêndio no apartamento dela, no bairro Embaré, na última sexta-feira (15). A vítima estava deitada na cama com o pescoço degolado [corte no pescoço, de um lado ao outro] e apresentava perfurações no tórax e barriga, perna quebrada e braço machucado.

De acordo com o BO, a denúncia recebida pela PM era de que dois homens estavam acompanhando o suspeito no bairro Aparecida, a aproximadamente 600 metros do apartamento em que Elisabeth foi encontrada morta.

Uma equipe da Polícia Militar foi enviada ao local e encontrou o trio, que estava espaçado na rua. Dois caminhavam por uma calçada e outro sozinho do lado oposto.

Assim que a viatura fez a aproximação, a dupla fez sinal para os policiais apontando para Caio. Consta no BO, ainda, que os PM’s desceram do carro e deram voz de prisão para o suspeito, que não se rendeu, puxou uma faca e partiu em direção a um dos policiais, que foi foi golpeado no braço.

Após o ataque Caio foi baleado e caiu no chão. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas o suspeito não resistiu aos ferimentos e morreu no local, que foi preservado para o trabalho da Polícia Científica.

O perito encontrou com o suspeito quatro facas, sendo que uma delas teria sido usada para esfaquear o homem. O caso foi registrado na Central de Polícia Judiciário (CPJ) de Santos como tentativa de homicídio e homicídio consumado em decorrência de intervenção policial.

G1Santos/GNI/RNT

Rede GNI | A verdade dos fatos é a nossa notícia https://redegni.com.br/ Twitter: @RedeGNI Gettr: @RedeGNI Instagram: RedeGNIreal