RedeGNI

Global News International

Agências de Notícias Internacionais

Brasileiro que estava em fuga nos EUA é capturado

Danilo Cavalcante, o brasileiro condenado a prisão perpétua que fugiu da cadeia nos Estados Unidos, foi capturado, anunciou a polícia da Pensilvânia nesta quarta-feira (13).

As buscas duraram 14 dias e mobilizaram 500 policiais. Mesmo assim, Cavalcante conseguiu caminhar por 38 quilômetros, roubar uma van e um rifle e trocar tiros com um morador.

A polícia da Pensilvania afirmou que fará ainda nesta quarta uma entrevista coletiva para dar detalhes da captura.

Na terça-feira, em entrevista coletiva para falar sobre as buscas, afirmou ainda ter certeza que Cavalcante está dentro do perímetro de buscas estabelecido e que será preso “o quanto antes”.

Danilo Cavalcante, condenado por matar a ex-namorada Débora Evangelista Brandão, está foragido desde 31 de agosto, quando conseguiu escapar da prisão escalando paredes.

A polícia da Pensilvânia afirmou ainda que Cavalcante foi visto pela última vez em South Coventry, no condado de Chester, no leste da Pensilvânia, vestindo calça azul e sem camisa. Na última imagem capturada por câmeras de segurança, ele vestia um casaco verde, que foi encontrado por policiais.

Segundo o tenente-coronel George Bivens, um dos responsáveis pela operação de busca, Cavalcante conseguiu roubar um rifle na garagem de uma casa da região por onde ele passava na noite de segunda-feira (11), a cerca de 32 quilômetros da prisão de onde ele fugiu.

“Nós o consideramos desesperado, o consideramos perigoso, toda a dinâmica confirma para nós que ele tem uma arma”, afirmou o tenente-coronel George Bivens, um dos policiais responsáveis pela operação de buscas.

Na coletiva, Bivens disse ainda que:

  • Há cerca de 500 policiais participando das buscas;
  • Foram encontradas pegadas “idênticas” às dos sapatos que Cavalcante usava na prisão;
  • Ele roubou um rifle na porta da garagem de uma casa na cidade de South Coventry, a cerca de 32 quilômetros da prisão de onde fugiu. “Provavelmente ele encontrou a garagem aberta, não foi algo planejado”;
  • O brasileiro trocou então tiros com o morador da casa, que estava dentro da garagem – a polícia fala de “vários tiros”;
  • Ainda assim, ele não deve estar ferido, por conta da velocidade com a que já avançou;
  • Cavalcante não está seguindo uma rota de fuga linear. Ele começou caminhando em direção ao sul da Pensilvânia, mas agora anda em direção ao norte;
  • O brasileiro será preso “o quanto antes”.

O tenente-coronel negou ainda que as buscas estejam demorado para além do normal – além de vários dias, Cavalcante também já conseguiu andar por 38 quilômetros sem ser pego.

“A polícia está fazendo um ótimo trabalho. Sabemos que ele está dentro do nosso perímetro de buscas, e Cavalcante será preso o quanto antes”.

BBC/AFP/G1/ANI/GNI

Midia move o mundo