A verdade dos fatos é a nossa notícia

Agências de Notícias InternacionaisInternacional

Turista russa desaparece após mergulhar em cavernas submarinas no Egito

Uma turista de 44 anos desapareceu em cavernas submarinas no Egito depois de mergulhar “muito fundo” ao lado do marido sem as condições de segurança consideradas adequadas.

Kristina e Yuri Osipovi, originários de São Petersburgo (Rússia), estavam em um cruzeiro de 10 dias pelo Mar Vermelho quando o incidente aconteceu, no fim de semana.

O casal – que se acredita serem mergulhadores experientes – fazia parte de um grupo que explorava a Ilha Giftun, ao sul do resort Hurghada.

De acordo com as investigações, os dois já estavam nos 120 pés permitidos quando decidiram ir mais fundo “sem nenhum equipamento especial”. Yuri, 41 anos, abortou o mergulho depois de começar a perder a consciência e conseguiu nadar até a superfície. Mas não havia sinal da esposa.

Uma busca está em andamento pela mãe de quatro filhos, mas as equipes de resgate estão começando a perder a esperança de encontrá-la viva.

“Após a subida do marido, o computador mostrou uma profundidade máxima de 400 pés, ou seja, esta era a profundidade em que eles estavam e ambos perderam a consciência”, afirmou, de acordo com o “Metro”, o cônsul-geral da Rússia na região, Alexei Zhilyaev. “Mas, quando o marido dela emergiu e recuperou a consciência, a esposa dele não estava por perto”, completou ele.

Extra/GNI

Midia move o mundo