A verdade dos fatos é a nossa notícia

Esportes

Pedro é agredido com soco no rosto dentro do vestiário do Flamengo

Um caso de polícia. O vestiário do Flamengo pegou fogo após a vitória por 2 a 1 sobre o Atlético-MG, na noite deste sábado (29), em Belo Horizonte. Pablo Fernandez, preparador físico do Rubro-Negro, agrediu o atacante Pedro com um soco no rosto. O membro da comissão técnica de Jorge Sampaoli questionou o camisa 9 por ter parado seu aquecimento após as entradas de Luiz Araújo e Cebolinha na partida. O jogador retrucou o argentino, que não gostou e o agrediu.


Quando os dois atacantes entraram em campo, Sampaoli ainda tinha mais uma substituição. Mesmo assim, Pedro abandonou a área de aquecimento e sentou no banco de reservas. Pablo Fernandez entendeu a atitude do jogador como falta de respeito e o cobrou rispidamente no vestiário. O artilheiro rubro-negro respondeu que a falta de respeito era da comissão técnica com ele e disse estar sendo minado desde o início do trabalho. Foi então que o preparador físico deu um soco na boca do atacante. Há ferimento no local.


A confusão aconteceu diante de todo elenco do Flamengo. Os jogadores manifestaram apoio a Pedro e disseram que não treinarão enquanto Fernandez não for demitido. Os atletas, inclusive, não querem que o preparador físico volte para o Rio no voo fretado pelo clube.


Após todo o ocorrido, Pedro decidiu prestar um boletim de ocorrência contra Fernandez. O preparador físico deixou o Independência quase duas horas após a partida e foi levado à delegacia. O atacante também seguiu para o local, acompanhado de alguns jogadores, que possivelmente serviram como testemunhas.


Na foto de capa, print da TV Globo no momento da chegada do preparador à delegacia.


O Dia/GNI

Rede GNI | A verdade dos fatos é a nossa notícia https://redegni.com.br/ Twitter: @RedeGNI Gettr: @RedeGNI Instagram: RedeGNIreal