A verdade dos fatos é a nossa notícia

EsportesManchete

Delegação do Flamengo desembarca no Rio sem Pedro e o agressor

A delegação do Flamengo desembarcou no Aeroporto Internacional do Galeão no início da manhã deste domingo, 30, poucas horas depois da vitória de virada sobre o Atlético-MG, pelo Campeonato Brasileiro.

O preparador físico Pablo Fernández e o atacante Pedro permaneceram em Belo Horizonte, para prestarem depoimentos sobre o episódio de agressão ocorrido no Independência.

Pedro levou um soco de Pablo Fernández, preparador físico da comissão técnica de Jorge Sampaoli, logo após a vitória sobre o Galo. O argentino questionou o atacante por ter sentado no banco após as entradas de Luiz Araújo e Everton Cebolinha, não gostou de ser retrucado e agrediu o camisa 9.

Depois da confusão no vestiário, Pedro registrou a agressão na polícia de Minas Gerais.

Pablo Fernández também prestou depoimento.

Pouco depois das 2h, os envolvidos foram à Central de Flagrantes da Polícia Civil, em outro local, para complementar o registro. Pedro e Pablo foram ouvidos por um delegado, que ainda colheu o depoimento de quatro testemunhas: o zagueiro Pablo, o atacante Everton Cebolinha, o volante Thiago Maia e o coordenador Gabriel Andreata.

SILÊNCIO NO DESEMBARQUE

O Aeroporto do Galeão tratou a chegada da delegação rubro-negra com cautela. A informação do local do desembarque foi mantida em sigilo. A medida foi adotada para se evitar transtornos com a torcida, que não marcou presença. Os jogadores não falaram com a imprensa.

Enquanto o grupo chegava no Rio de Janeiro — cabisbaixo por causa do ocorrido, mesmo com a vitória —, Pedro e Pablo Fernández davam as últimas informações à Polícia de Minas Gerais. Não há previsão de chegada para quem seguiu em Belo Horizonte.

GE/GNI


Jogadores do Flamengo desembarcam no Rio de Janeiro após a vitória sobre o Atlético-MG — Foto: Jéssica Maldonado

Rede GNI | A verdade dos fatos é a nossa notícia https://redegni.com.br/ Twitter: @RedeGNI Gettr: @RedeGNI Instagram: RedeGNIreal