A verdade dos fatos é a nossa notícia

DestaqueEsportesF1

GP F1: Verstappen vence a emocionante e tradicional corrida de Mônaco

É inegável que foi um GP de Mônaco mais movimentado que os demais. A edição 2023 do evento mais tradicional da Fórmula 1, realizada na manhã deste domingo (28), em Monte Carlo, contou com a chuva para incendiar uma parte da prova. Mas mesmo antes, durante ou após a chuva, Max Verstappen jamais foi ameaçado. O líder do campeonato deu mais um passo na carreata rumo ao aparentemente inevitável tricampeonato e conquistou a quarta vitória dele no ano, 39ª na F1.

Foi a segunda vez que Verstappen venceu em Mônaco, dois anos após o triunfo de 2021. Embora fosse amplamente favorito para a corrida, muito se falava sobre a possibilidade de um ataque de Fernando Alonso sobretudo na largada, porque era a grande chance de derrotar a Red Bull em 2023. O que aconteceu foi que Max largou bem, evitou ataque e seguiu.

A distância para Alonso sempre ficou segura, ainda que não fosse grande: entre 6s e 11s. Como Max largara de pneus médios contra duros de Alonso, foi um esforço evitar o pit-stop por mais de 50 voltas, muito após todo mundo que partiu de médios ter parado. Mas resistiu até a chuva, quando a Aston Martin se enrolou, colocou outro jogo de slicks em Alonso e precisou parar de novo. Aí, as coisas ficaram tranquilas. Verstappen desfilou até o fim de pneus intermediários.

Esteban Ocon conseguiu manter o terceiro lugar, mesmo sem jamais se aproximar de Alonso. O grande feito foi evitar as ultrapassagens de Carlos Sainz, que quase acabou com a corrida dos dois em dado momento ao quebrar a asa dianteira dele na traseira do francês. Depois, ficou possesso ao voltar dos boxes ainda atrás dele. Sainz erraria mais tarde, na chuva, para estragar a própria corrida, mas Ocon garantiu o pódio.

Lewis Hamilton e George Russell apareceram nas duas colocações imediatamente abaixo, seguidos por Charles Leclerc e Pierre Gasly antes de Sainz. Lando Norris foi nono e viu o companheiro de McLarenOscar Piastri, chegar em décimo e ganhar um ponto após Yuki Tsunoda errar perto do fim e abrir o espaço. Hamilton ainda somou o ponto extra da melhor volta.

Destaque para a loucura estabelecida na corrida assim que a chuva ganhou força, algo que durou por cerca de 15 voltas, mas colocou fogo. Lance Stroll bateu mais de uma vez, mas Sergio Pérez fez o mesmo: e em Russell, que foi punido com a perda de 5s que, no fim das contas, não teve impacto no resultado. Kevin Magnussen e Logan Sargeant foram outros que se enrolaram na pista molhada. Até Verstappen triscou o muro em dado momento. Acabou sendo um GP de Mônaco diferente.

A Fórmula 1 volta já na semana que vem, entre os dias 2 e 4 de junho, com o GP da Espanha, em Barcelona, sétima etapa da temporada 2023.

Pedro Henrique Marum, do Rio de Janeiro
https://www.grandepremio.com.br/f1/noticias/max-verstappen-resiste-pista-molhada-vence-gp-de-monaco-formula-1-incendiado-chuva/

Midia move o mundo