RedeGNI

Global News International

BrasilDestaqueManchete

Vaza trecho da reunião com Bolsonaro e ministros

Vaza trecho da reunião com Bolsonaro e ministros

O vídeo da reunião entre o ex-presidente Jair Bolsonaro, ministros e assessores serviu como base para a operação realizada pela Polícia Federal nesta quinta-feira (08) vazou nesta sexta-feira (09). A reunião foi realizada em 5 de julho de 2022.

“Nós sabemos que, se a gente reagir depois das eleições, vai ter um caos no Brasil, vai virar uma grande guerrilha, uma fogueira no Brasil. Agora, alguém tem dúvida de que a esquerda, como está indo, vai ganhar as eleições? Não adianta eu ter 80% dos votos. Eles vão ganhar as eleições”, discursa Bolsonaro em trecho para os ministros.

Bolsonaro ainda afirma que não dá para esperar chegar as eleições para que alguma medida seja tomada e que “todos aqui, como todo povo ali fora, têm algo a perder”.

Ele também lembra que parou de falar sobre o assunto (não chega a completar o termo “voto impresso”) para os apoiadores.

Durante outro trecho da reunião ministerial obtida pela Polícia Federal (PF), o ex-presidente critica o Supremo Tribunal Federal (STF). Na ocasião, Bolsonaro disse que é ‘difícil a gente ganhar o jogo assim’ para se referir ao que ele chamou de ‘super-supremo’.

“O nosso Supremo aqui é um poder à parte. É um super-supremo, ele decide tudo. Muitas vezes fora das quatro linhas”, diz o ex-presidente na gravação.

“Não dá para gente ganhar o jogo com o pessoal atirando tijodo da arquibancada em cima dos jogadores nossos, com juízes que toda hora dá impedimento… É difícil a gente ganhar o jogo assim”, afirmou.

Em outro trecho, Bolsonaro volta a criticar os ministros do STF e afirma que “os caras estão preparando tudo para o Lula ganhar no 1º turno, para a fraude”.

Gazeta Brazil

ASSISTA

Gazeta Brasil

Midia move o mundo