RedeGNI

Global News International

10 anosAgências de Notícias InternacionaisDestaque

Patinador brasileiro morre aos 23 anos na Suíça

Patinador brasileiro morre aos 23 anos na Suíça

Na última sexta-feira (2), a família de Gabriel Ohnmacht, considerado pioneiro da patinação de velocidade no Brasil, confirmou sua trágica morte aos 23 anos. O ex-atleta foi encontrado sem vida por sua mãe, Fátima Ohnmacht, em sua residência em Schaffhausen, na Suíça, onde vivia. A notícia foi inicialmente divulgada pelo blog especializado em esportes de inverno “Brasil Zero Grau”.

A Confederação Brasileira de Desportos no Gelo (CBDG) expressou solidariedade à família e amigos de Ohnmacht, destacando seu memorável legado e importância para o esporte brasileiro. Filho de mãe brasileira e pai alemão, Ohnmacht optou por representar o Brasil na patinação desde os 15 anos, tornando-se um dos primeiros patinadores de velocidade no país.

Apesar das modalidades no gelo não serem tradicionais no Brasil, Gabriel Ohnmacht contribuiu significativamente para a introdução e desenvolvimento do esporte, envolvendo-se na confecção de vestimentas e na filiação do Brasil à União Internacional de Patinação (ISU).

Ohnmacht patinou entre 2015 e 2017, aspirando retornar à modalidade. A causa de sua morte ainda não foi confirmada, mas sua mãe sugere a possibilidade de uma parada cardíaca, pois ele foi encontrado deitado no sofá com fones de ouvido, sem sinais de ferimentos ou arrombamento na casa. Embora não tenha participado de Jogos Olímpicos de Inverno, Ohnmacht deixou sua marca em competições na Suíça e na Alemanha, destacando-se especialmente em Inzell, onde conquistou suas melhores marcas ao longo de sua carreira.

Gazeta Brazil

Midia move o mundo