RedeGNI

Global News International

BrasilDestaque

Empresa de turismo vende pacotes falsos e coleciona inúmeras vítimas

Empresa de turismo vende pacotes falsos e coleciona inúmeras vítimas

A Milhas Travel BR é a nova empresa que vem sendo utilizada por Cristiana Araújo Costa para aplicar golpes em incautos, oferecendo pacotes de viagens maravilhosos e entregando apenas frustrações e desânimos. Segundo matéria publicada no site Metrópoles, a mulher de 39 anos tem vasta ficha policial, já foi presa duas vezes pelo mesmo golpe e, segundo relato de uma de suas vítimas, ‘lida com sonhos, frustra pessoas e não se arrepende’.As vítimas mais recentes do golpista contabilizam prejuízos que já ultrapassam R$ 500 mil.

“Paguei um valor aproximado de R$ 200 mil e a cada hora recebo uma nova promessa. Paguei a maior parte desse valor via Pix e outra pequena parte com cartão de crédito. perdeu. Nunca passei tanto constrangimento, meu marido não se conforma, é muita humilhação. Nunca precisamos passar por isso”, disse uma mulher que comprou um pacote para a Ilha de Comandatuba, no município de Una, a 276 quilômetros de Porto Seguro, litoral sul da Bahia, e de Orlando, na Flórida (EUA).

Cristiana Araújo Costa
Cristiana Araújo Costa

Em outra reportagem, Simone, moradora de Goiânia, conta que em abril de 2022 comprou passagens coletivas para um cruzeiro em Miami (EUA) com Cristiana, que se apresentou como “Maria”. Segundo Simone, a mulher enviou passagens e ingressos referentes à viagem, porém, os itens desapareceram por falta de pagamento.

“Foi um pesadelo. Nesses 8 meses eu cobrei e ela sempre prometia que estava mandando, que tinha problema”, conta. Na véspera da viagem, apenas algumas pessoas do grupo conseguiram embarcar. “Gerou para nós um prejuízo de mais de R$ 130 mil”.
Outra vítima de Cristiana conta que, em novembro do ano passado, começou a planejar uma viagem para a Tailândia.

“No dia 24 de novembro de 2023 foi enviado um bilhete com localizador da viagem. Começamos a ligar para a empresa Ethipion Airlines para verificar a veracidade do bilhete, mas, para nossa surpresa, não houve reserva ou mesmo bilhete emitido em nome de os passageiros”.
Cristiana Araújo Costa é ré em pelo menos cinco ações penais, condenada em outras três e é suspeita de pelo menos 25 ocorrências e 16 inquéritos que tramitam na Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF).

Midia move o mundo