RedeGNI

Global News International

Manchete

Atriz britânica, neta de atriz brasileira, é acusada de agredir figurante com chute na cabeça e enfrenta processo milionário

A atriz britânica Mia Goth está sendo processada por um figurante por agredi-lo com um chute na cabeça no set do filme de terror “Maxxxine”, terceiro filme da trilogia “X”, de Ti West, do estúdio A24.

Segundo a ação, o caso aconteceu em abril do ano passado e a vítima, James Hunter, afirma ter sofrido uma concussão.

O gótico o teria chutado deliberadamente com uma bota e, após as filmagens, ainda o teria provocado e zombado.

O ator pede indenização de pelo menos US$ 500 mil (R$ 2,4 milhões) em danos por agressão e rescisão injusta, além de possíveis punições. Mia Goth, 30 anos, é filha de mãe brasileira e neta da atriz Maria Gladys. Estreou no cinema com um papel secundário no drama erótico “Nymphomaniac” (2013), de Lars von Trier. Também fez parte do elenco dos filmes de terror “O Sobrevivente” (2015), “High Life” (2018) e “Suspiria” (2018), além da comédia romântica “Emma” (2020).

A atriz britânica se consagrou como musa do terror — e rainha do grito — após estrelar os filmes “X — A Marca da Morte” e “Pérola”, ambos de 2022. O terceiro filme da franquia A24, “Maxxxine “, ainda não estreou no Brasil.

Jornal da Cidade

Midia move o mundo