A verdade dos fatos é a nossa notícia

Brasil

Bolívia anuncia prisão de Elvis Riola: ex-diretor da Gaviões da Fiel ligado ao PCC

Bolívia anuncia prisão de Elvis Riola: ex-diretor da Gaviões da Fiel ligado ao PCC

A polícia boliviana anunciou, nesta quarta-feira (11), a prisão de Elvis Riola de Andrade, também conhecido como “o cantor”, membro destacado da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC).

Elvis Riola, ex-diretor da escola de samba Gaviões da Fiel, de São Paulo, e da principal torcida organizada do Corinthians, foi condenado no Brasil pelo assassinato de um agente penitenciário a mando do PCC, além de enfrentar acusações relacionadas ao tráfico de drogas. Ele também é apontado como um dos participantes da onda de ataques que ocorreu na cidade de São Paulo em 2006.

Riola foi preso no Brasil em 2010, mas em 2021, enquanto cumpria pena no regime semiaberto, fugiu do país.

O ministro de Governo da Bolívia, Eduardo del Castillo, manifestou-se nas redes sociais afirmando que o país não permitirá que criminosos internacionais perturbem a paz da população boliviana. Ele destacou que Elvis Riola é um fugitivo perigoso da Justiça brasileira e membro do PCC.

O ministro agradeceu à troca de informações com as autoridades policiais brasileiras, que possibilitou a identificação, localização e captura de Riola. O criminoso será entregue às autoridades brasileiras na cidade de Puerto Quijarro, na fronteira com o Mato Grosso do Sul.

Elvis Riola é acusado de assassinar a tiros o agente penitenciário Denílson Jerônimo, do Centro de Reabilitação Penitenciária (CRP) de Presidente Bernardes, interior de São Paulo, a mando do PCC.

Gazeta Brasil

Midia move o mundo