A verdade dos fatos é a nossa notícia

Rede GNIReuters

Argentina detém três estrangeiros por suspeitas de terrorismo

Argentina detém três estrangeiros por suspeitas de terrorismo

As autoridades argentinas detiveram três indivíduos com cidadania síria e libanesa suspeitos de planejar um ataque terrorista no país sul-americano, disseram o ministro da segurança da Argentina e a polícia federal na quarta-feira.

As autoridades não deram detalhes sobre as identidades dos suspeitos, mas disseram que as autoridades estavam investigando os objetivos dos suspeitos ao visitar a Argentina e um pacote de 35 quilos a caminho do Iêmen para um dos suspeitos.

“Surgiram indícios da possível entrada no país de três cidadãos de origem síria e libanesa que, após chegarem em voos distintos, se encontrariam na cidade de Buenos Aires para planejar um eventual ato terrorista”, disse a Polícia Federal da Argentina em comunicado. . A polícia não especificou quando as prisões ocorreram.

A ministra da Segurança, Patricia Bullrich, disse aos jornalistas que os suspeitos já haviam entrado na Argentina com passaportes de outros países. Ela disse que suas identidades não seriam divulgadas até que pudessem ser verificadas

“Agora há uma investigação. Veremos se foi mesmo uma célula que veio para an Argentina ou se tem outra implicação”, disse a ministra, que assumiu o cargo em 10 de dezembro.

O anúncio ocorre menos de dois meses depois que a Polícia Federal do Brasil prendeu pelo menos três homens após desmantelar uma suposta célula do grupo militante Hezbollah, apoiado pelo Irã, agindo com base em uma denúncia do Federal Bureau of Investigation dos EUA.

Um dos detidos no Brasil havia tirado fotos e vídeos de duas sinagogas e de um cemitério judaico em Brasília.

Na Argentina, a embaixada de Israel e a Associação Mútua Israelita Argentina, um centro comunitário judaico, foram alvo de dois ataques sangrentos em 1992 e 1994, respectivamente, que juntos mataram quase 100 pessoas.

Reportagem de Lucila Sigal; Edição por Leslie Adler

Midia move o mundo