RedeGNI

Global News International

Esportes

Foi um jogaço, Liverpool arranca empate com o Manchester City

No duelo entre os dois primeiros colocados da Premier League, prevaleceu a igualdade.

Manchester City e Liverpool empataram em 1 a 1 neste sábado, em Manchester, pela 13ª rodada do Campeonato Inglês.

Haaland marcou mais uma vez, abrindo o placar, mas Alexander-Arnold conseguiu igualar na etapa final.

ARSENAL AGRADECE

Com o empate, a situação dos dois primeiros colocados da Premier League não muda, pelo menos até agora. O Manchester City segue líder, com 29 pontos, e o Liverpool continua em segundo, com 28. Mas o Arsenal pode tomar a ponta da tabela se vencer o Brentford neste sábado, às 14h30 – assim, iria para 30 pontos.

MARCA HISTÓRICA

Haaland segue em mais uma temporada artilheira no Manchester City e marcou pela terceira partida seguida, chegando a cinco gols nos últimos três jogos. Além disso, o norueguês atingiu uma marca histórica: alcançou os 50 gols na Premier League, fazendo isso com menos jogos do que qualquer outro desde a criação do torneio – ele precisou de apenas 48 jogos para isso.

EMPATE SUADO

O Manchester City dominou as ações e pareceu estar bem perto de garantir sua 24ª vitória seguida em casa depois de Haaland abrir o placar no primeiro tempo, em jogada que nasceu em uma falha de Alisson na saída de bola, com direito a escorregão. O time de Pep Guardiola parecia estar mais perto de ampliar a diferença do que o Liverpool de chegar ao empate, já que a equipe de Jürgen Klopp chega esporadicamente. Mas, depois de uma grande defesa do brasileiro em chute de Haaland, um contragolpe terminou em chute certeiro de Arnold, arrancando o empate para os Reds.

PROTESTO… DO EVERTON

Apesar de enfrentar o Liverpool neste sábado, o Manchester City foi alvo de um protesto da torcida do outro clube da cidade dos Beatles: o Everton. Torcedores da equipe usaram um avião com faixa para protestar contra a perda de pontos no Campeonato Inglês por infrações contra o Fair Play Financeiro. E escolheram como alvo o City, que já esteve envolvido em denúncias, mas jamais foi punido esportivamente.

GE

Midia move o mundo