A verdade dos fatos é a nossa notícia

Brasil

Grupo Globo, o inimigo público número 1 do Rio de Janeiro

Que o Grupo Globo, e suas empresas, abandonaram o jornalismo profissional há muito tempo, não é novidade para ninguém.

Tornaram-se torcedores do caos e militantes impiedosos.

Quanto pior, melhor!

A vítima da vez é o governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro.

Castro não vem fazendo um grande governo e enfrenta problemas em sua administração.

#Issoéfato

Mas postar o texto que o militante de redação, Octávio Guedes, postou, chega a ser maldade.

Ele não apresenta soluções e tampouco opções, apenas fala mal e critica.

Entre outras “pérolas”, Guedes escreveu:


“O Rio de Janeiro viveu duas tragédias nesta segunda, dia 23. A primeira foi o inédito ataque de milicianos ao transporte público do Rio. A segunda, e mais grave, foi a coletiva do governador Cláudio Castro. Mais grave porque de bandido se espera tudo. De um governador, a expectativa é um pouco maior. Mesmo no Rio de Janeiro.

Sem qualquer plano, visão estratégica ou política estruturante para apresentar, o governador apelou para bravatas. E citou, inacreditavelmente, os nomes de três bandidos como se fosse um técnico de futebol anunciando a escalação do meio-campo. “Zinho, Tandera e Abelha. Não descansaremos até prendermos”, esbravejou o governador.”


O jornalismo da Globo, morreu!

Léo Vilhena
@LeoVilhenaReal

Midia move o mundo