RedeGNI

Global News International

Manchete

Marido de Waleska não pagou o funeral da ex-atleta

A ex-jogadora de vôlei e campeã olímpica Walewska Oliveira foi sepultada na manhã do último sábado (24) em Belo Horizonte. O único irmão dela, o piloto de avião Wesley Oliveira, de 41 anos, afirma que ele foi quem arcou com as despesas, e diz que o marido dela, o corretor de imóveis Ricardo Alexandre Mendes, não fez contribuições. Ricardo não atendeu à cerimônia.

Walewska morreu na última quinta-feira (21), após cair do 17º andar do prédio onde morava com Ricardo, em São Paulo. A morte foi considerada suspeita e é investigada pela Polícia Civil do Estado de São Paulo.

“Resolvi todas as burocracias, eu paguei todo o funeral. O marido da minha irmã não arcou com nada”, afirmou Wesley ao Uol, em matéria divulgada neste domingo (24). “Eu fiz o que tinha que fazer porque era minha irmã. Corri para o prédio no dia do incidente, resolvi todas as burocracias, eu paguei tudo. Tanto a parte do translado, até todos os custos gerais do funeral. No total foram R$ 20 mil de custos. O marido da minha irmã não arcou com nada.”

Ricardo foi procurado, e respondeu por meio de um amigo: “O Ricardo está destroçado, em prantos, não para de chorar, está arrasado. Ele comprou a passagem, mas os pais dela pediram para ele não ir. Orientaram porque o clima estava meio pesado. Por isso ele não foi”, disse a pessoa.

Mas Wesley rebateu a versão do marido da atleta. Segundo ele, ninguém da família de Walewska fez contato pedindo para que Ricardo comparecesse. Todas as tratativas no IML, a liberação do corpo da minha irmã, como eu moro em São Paulo, eu fiz tudo sozinho. Ele não participou de nada, não pagou nada.”

Wesley afirma ainda que teve dificuldade em realizar os trâmites burocráticos relacionados ao enterro de Walewska, e diz que Ricardo não foi colaborativo. “Eu precisei de um documento da minha irmã para liberar o corpo dela, ele [Ricardo] deixou o RG na recepção do prédio. Depois, precisei pegar uma roupa pra vestir minha irmã, ele também deixou na portaria para a funerária pegar. Não encontrei com ele em nenhum momento.”

A última vez que Wesley encontrou Walewska foi na comemoração de seu aniversário de 41 anos, em São Paulo. No último sábado (23), a mãe da atleta, Maria Aparecida Leia maisira, falou da ocasião ao Uol e definiu que a filha “estava feliz”. Walewska foi acompanhada de Ricardo.

Wesley reafirma isso. “Eu fiz a festa, ela foi, e não imaginava que seria a nossa despedida. Ela estava linda, maravilhosa, feliz, não tinha nada que pudesse levantar alguma hipótese de depressão. Eu nunca vi a minha irmã estressada. Ela estava sempre feliz. Tenho fotos lindas, dela sorrindo no dia do meu aniversário. Uma felicidade, um dia maravilhoso, tudo perfeito, não tinha nada de errado. Ela escreveu uma carta para mim, e o que fica agora como uma linda lembrança.”

Walewska, Wesley e a família deles durante comemoração do aniversário de 41 anos do piloto de avião — Foto: Reprodução/Arquivo pessoal
Walewska, Wesley e a família deles durante comemoração do aniversário de 41 anos do piloto de avião — Foto: Reprodução/Arquivo pessoal

Midia move o mundo