A verdade dos fatos é a nossa notícia

BrasilDestaqueEUAPolíticaRede GNI

Lula mente escandalosamente sobre a Lava Jato e toma resposta

Lula mente escandalosamente sobre a Lava Jato e toma resposta estonteante da Justiça americana (veja o vídeo) https://youtu.be/doywOxL8_lE?si=3xbX9_AvnziLKA9U

A história nos apresenta ladrões de habilidades insuspeitadas, que se tornaram famosos no mundo. Pensava-se que Natwarlal era o maior ladrão do mundo de todos os tempos. Este homem conseguiu vender vários ícones indianos, incluindo o Taj Mahal, o Forte Vermelho, o Rashtrapati e a Casa do Parlamento da Índia.

Derek Smalls detém o recorde de roubar a maior quantia de dinheiro de um banco britânico. Além disso, foi o primeiro bandido a assinar um acordo com o Ministério Público britânico, onde denunciou inúmeros criminosos, em troca de imunidade. Smalls era uma espécie de Antonio Palocci inglês. Com uma enorme diferença: todos os seus acusados ​​cumpriram pena completa na prisão. No caso de Antônio Palocci, o brasileiro, todos os seus acusados ​​são ricos e soltos e o pior de tudo, Lula, foi mais uma vez presidente do Brasil nas mãos do Supremo Tribunal Federal/TSE.

Não vou cansar o leitor citando os maiores ladrões do mundo, até porque eram todos, por assim dizer, ladrões da esfera privada. Os ladrões brasileiros – os desmascarados, condenados e presos pela Lava Jato –, ao contrário, locupletavam-se com dinheiro de empresas estatais, ou seja, dinheiro do contribuinte brasileiro. Quase levaram a maior empresa brasileira, a Petrobras, à falência. Tornaram-na, no entanto, a empresa mais endividada do mundo. Só o Petrolão, criado e administrado por Lula da Silva, representa o maior roubo de dinheiro público na história das democracias ocidentais. Para se ter uma ideia do roubo perpetrado pelo Petrolão de Lula, cito a revista Veja de 04/04/20222:

“Um levantamento do Ministério Público Federal (MPF) no Paraná mostra que nos últimos sete anos já foram aprovados acordos de leniência, delação premiada e repatriação, que garantem a devolução de 25 BILHÕES de reais desviados dos cofres públicos. O maior volume de recursos foi recuperado pela equipe de procuradores da Operação Lava Jato, que investigou o esquema Petrolão durante os governos petistas. A Petrobras, até o momento, é uma das maiores beneficiárias da devolução dos recursos. A estatal tem já recebeu em seu caixa 6,28 BILHÕES de reais, oriundos de acordos Lava-Jato firmados com empresas, empresários e diretores que participaram do esquema de corrupção na estatal. Só no ano passado (2021), a Petrobras recuperou 1,2 BILHÃO de reais. Segundo o Levantamento do MPF, foram celebrados 43 acordos de leniência com empresas envolvidas em esquemas de corrupção, que representam a recuperação de 24,5 BILHÕES de reais, valores não corrigidos. O acordo de leniência é uma espécie de denúncia premiada da empresa, que assume os crimes de que é acusada e se compromete a devolver o dinheiro.”

Para que o leitor tenha uma ideia mais clara do significado desses R$ 24,5 BILHÕES, informo que o valor total do Orçamento do meu Estado, Santa Catarina, para o ano de 2024 é de R$ 31,7 bilhões. Ou seja, essa recuperação de dinheiro roubado (valores NÃO corrigidos, lembre-se!) chega a 77% do orçamento de SC para 2024. É ladrão para ladrão botar defeito. Só de lembrar que a pessoa mais associada a esta corrupção sideral está de volta à presidência da República, faz o sangue do cidadão ferver de raiva.

(Nota entre parênteses: a recuperação desses 24,5 bilhões de reais não ocorrerá se o Supremo Tribunal Federal, pela pena de Dias Toffoli – conhecido no Departamento de Operações Estruturadas da Odebrecht como o “amigo do amigo do meu pai” – decidir, quem sabe pelas quais artes diabólicas, anulam os acordos de leniência com as empresas, como já fez com os acordos da JBS e da própria Odebrecht. Afinal, esse é o Supremo Tribunal que temos no Brasil! Não creio que nem a Somália, um país considerado pela Transparência Internacional, com sede em Berlim, o mais corrupto do mundo em 2024, deveria ter um Supremo Tribunal pior que o nosso, com Toffolis, Moraes e afins. Trágico!)

Lula, além de ladrão imbatível, é o pior personagem já divulgado neste país. Porém, “Nunca antes na História dos ‘desepaís’”, como costuma falar do alto de sua ignorância ilimitada, viu recentemente um Lula tão mentiroso, tão falso, tão enganador, tão impostor, tão hipócrita, tão pérfido, tão punitivo , tão canalha, como neste mandato que lhe foi conferido pelo STF.

O vídeo que ofereço abaixo é um retrato resumido e completo de uma preocupação moral, como “nunca antes” foi visto na história política de uma nação respeitável.

Esse vídeo mostra o ‘Princeps Corruptorum’, Lula, deitado no rodo, acusando a Lava-Jato e o Ministério Público de Curitiba de terem atuado a serviço do Departamento de Justiça dos Estados Unidos.

Segundo o Imbatível Farsante, Lula, foi por ordem do governo americano que ele foi investigado, processado e condenado em três instâncias judiciais em dois processos criminais (por nove magistrados!), além de ter seu pedido de habeas corpus negado ( ah, que saudade!) Pelo STF, Supremo Tribunal Federal. Somente após essa longa jornada e a negação do habeas corpus pelo STF é que o TRF4 (em Porto Alegre) determinou sua prisão.

Não, não foi Sérgio Moro quem mandou prender Lula; era o presidente do TRF4. Moro apenas cumpriu determinação superior do TRF4.

Por que essa distopia moral, Lula, é tão atrevida nas suas mentiras? Minha resposta: porque ele fala da esquerdista nacional (seguidores do PT, PCdoB, PSOL, PCB, etc….), em geral um bando de desinformados, cegos pela lavagem cerebral da esquerda, quando não apenas acumulada. O discurso maluco de Lula aconteceu no dia 18/01 quando anunciou o investimento de mais R$ 8,0 bilhões (no mínimo!) do já bastante desgastado contribuinte brasileiro na refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco.
Jornal da Cidade

Midia move o mundo