A verdade dos fatos é a nossa notícia

BrasilDestaque

Chuvas e ventos fortes: estados em alerta

Chuva forte e ventos de até 100 km/h: saiba quais estados estão em alerta

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta laranja de perigo para nove estados e o Distrito Federal nesta quarta-feira, 24 de janeiro. O aviso abrange um período que vai até as 10h de sexta-feira, 26 de janeiro. Diversas regiões estão sob alerta, incluindo:

Leste Goiano
Centro Sul Baiano
Vale São-Franciscano da Bahia
Ocidental do Tocantins
Sudeste Piauiense
Vale do Rio Doce
São Francisco Pernambucano
Sudeste Paraense
Nordeste Mato-grossense
Noroeste Espírito-santense
Centro Norte Baiano
Vale do Mucuri
Norte de Minas
Nordeste Baiano
Sul Baiano
Oriental do Tocantins
Jequitinhonha
Norte Mato-grossense
Leste Rondoniense
Sudoeste Paraense
Norte Goiano
Metropolitana de Belo Horizonte
Sudoeste Piauiense
Centro-Norte Piauiense
Metropolitana de Salvador
Extremo Oeste Baiano
Noroeste Goiano
Sertão Pernambucano
Noroeste de Minas
Central Mineira
Leste Maranhense
Centro Goiano
Baixo Amazonas
Distrito Federal
Madeira-Guaporé
Sul Maranhense
Litoral Norte Espírito-santense
Centro-Sul Mato-grossense
Sul Cearense
Oeste Maranhense

O Inmet alerta para chuvas intensas de até 100 milímetros por dia e ventos de até 100 km/h, que podem resultar em cortes de energia, quedas de galhos, alagamentos e descargas elétricas. O órgão aconselha os moradores a não se abrigarem debaixo de árvores durante rajadas de vento e a evitarem estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. Recomenda-se também desligar aparelhos elétricos e o quadro geral de energia, se possível.

Falta de Energia em Belo Horizonte Após Forte Chuva

Na manhã desta quarta-feira, a Cemig relatou registros de falta de energia em bairros de Belo Horizonte, nas regiões Centro-Sul, Nordeste, Pampulha e Venda Nova. A interrupção foi causada pela intensa chuva que atingiu a capital mineira e a região metropolitana durante a noite de terça-feira, 23 de janeiro

A falta de energia, distribuída de maneira pulverizada, impactou áreas diversas. Equipes da Cemig trabalharam durante toda a madrugada para restabelecer o fornecimento de energia. Descargas atmosféricas, ventania com velocidade de até 86 km/h e quedas de árvores de grande porte danificaram redes elétricas, causando curtos-circuitos e rompimentos de cabos.

As equipes da empresa estão priorizando serviços como remoção de árvores caídas, conserto de postes danificados e reparo de curtos-circuitos. A previsão é que o restabelecimento ocorra de maneira gradativa ao longo do dia, contando com o trabalho ininterrupto de engenheiros, técnicos e eletricistas para normalizar o sistema o mais rápido possível.

Gazeta Brazil

Midia move o mundo