A verdade dos fatos é a nossa notícia

Guerra ao Terror

Bombardeio a hospital em Gaza deixou entre 100 e 300 mortos, segundo inteligência dos EUA

O serviço de inteligência dos Estados Unidos estimou entre 100 e 300 o número de mortos por um foguete que atingiu o hospital Al-Ahli, em Gaza, na terça-feira, de acordo com trechos de um documento ao qual a AFP teve acesso nessa quinta-feira.

A cifra é inferior às cerca de 500 mortes inicialmente relatadas pelas autoridades de saúde no enclave governado pelo grupo islamista palestino Hamas.

“Estimamos que o número de mortos provavelmente está no extremo inferior da faixa de 100 a 300”, segundo trechos da avaliação dos serviços de inteligência enviados ao Congresso.

“Ainda estamos calculando as cifras prováveis de vítimas e nossa avaliação pode evoluir, mas esse número de mortos ainda reflete uma perda impressionante de vidas”, diz o relatório.

“Os Estados Unidos levam a sério a morte de todos os civis” e continuam “trabalhando intensamente para lidar com a crise humanitária em Gaza”, acrescenta o texto.

A explosão ocorreu na terça-feira e foi atribuída pelo Ministério da Saúde em Gaza a um ataque aéreo israelense contra o hospital dirigido por cristãos no centro da cidade de Gaza.

O relatório das autoridades de Gaza foi de 471 mortos no ataque e mais de 300 feridos.

ANI/AFP/GLOBO/GNI/RNT

Rede GNI | A verdade dos fatos é a nossa notícia https://redegni.com.br/ Twitter: @RedeGNI Gettr: @RedeGNI Instagram: RedeGNIreal