Veleiro com haxixe é interceptado na costa do Recife

Um veleiro carregado com haxixe foi interceptado em uma ação conjunta da Marinha com a Polícia Federal a mais de 350 quilômetros da costa do Recife, na noite da quarta-feira (16). A droga ainda vai ser pesada, mas a estimativa da PF é de que o carregamento seja de duas toneladas. Dois tripulantes que estavam na embarcação foram presos.

A interceptação aconteceu com utilização do Navio-Patrulha Oceânico Araguari, com apoio de informações de agências internacionais. Segundo a PF, foi recebida a informação do transporte de grande quantidade de haxixe em um veleiro que teria partido de Portugal e isso resultou na interceptação da embarcação em águas internacionais.

“A apreensão confirma a existência de uma rota marítima transcontinental de tráfico de haxixe para o Brasil, pela qual transitaria remessas da droga em grandes quantidades”, informou a Polícia Federal em nota.

A investigação que resultou na apreensão das drogas teve a colaboração da Aduana francesa, do Centro de Análises e Operações Marítimas Narcóticos (MAOC-N) e de autoridades das Ilhas Virgens Britânicas.

Segundo a Marinha, a interceptação aconteceu a cerca de 360 quilômetros da costa, mas a PF apontou que foi a cerca de 426 quilômetros.

A embarcação, o carregamento ilegal e os presos estão sendo conduzidos para a Superintendência da PF no Recife. Questionada pelo G1 nesta sexta-feira (18), a PF em Pernambuco informou que não poderia divulgar informações sobre quando o veleiro chegaria por questões de segurança.

G1