Vasco vence o Botafogo no primeiro jogo da Final da Taça Rio

Foi um jogo com poucas emoções, mesmo assim, o Vasco saiu na frente na decisão da Taça Rio e venceu o Botafogo por 1×0, Gol de Gérman Cano, no campo do Botafogo, Estádio Nilton Santos, o Engenhão.

O Primeiro tempo foi muito ruim. As duas equipes jogaram um futebol burocrático e foi um jogo de baixo nível técnico, com muitas faltas e com muita reclamação.

Foi um jogo truncado. Sem emoções claras de ambos os lados.

Logo no início do segundo tempo, com uma forte pressão do Vasco, e com menos de um minuto de bola rolando, o zagueiro do Botafogo David Sousa deu bobeira na saída de bola, ela sobrou para Léo Matos, que cruzou para Gérman Cano. Sozinho na área, ele só cabeceia para o fundo das redes.

A ‘Máquina de fazer gols’ (como a Fifa se refere a ele) só precisa de uma chance e de um toque na bola.

Vasco 1×0.

No segundo tempo as equipes jogaram mais soltas e tiveram mais oportunidades de chegar ao gol.

Na segunda etapa tiveram menos faltas e mais bola rolando. Foi muito melhor do que o primeiro tempo.

Aos 28 minutos um lance capital: Jogadores do Botafogo ficaram pedindo um pênalti de Galarza em cima de Ronald, mas o árbitro mandou o jogo seguir.


LEIA TAMBÉM | Flamengo e Fluminense empatam no primeiro jogo da decisão do Campeonato Carioca


O Árbitro errou não marcando um pênalti muito claro. Galarza ‘fura’ a bola e acerta em cheio o jogador do Botafogo. Nesse jogo não tem o VAR para auxiliar o trio de arbitragem. Mas… precisava?

O Botafogo seguiu pressionando e encurralando o Vasco.

O árbitro terminou o jogo aos 49 minutos do segundo tempo e a decisão ficou para São Januário, no segundo jogo da decisão da Taça Rio. O empate garante ao Vasco o seu 11º título da Taça Rio.

Léo Vilhena | Rede GNI