Familiares de Lázaro negociam rendição

A informação está confirmada pela Rede GNI ouvindo fontes de pessoas próximas ao criminoso: Familiares estão negociando a rendição do psicopata e serial-killer Lázaro Barbosa.


A mulher e a sogra de Lázaro Barbosa de Souza, de 32 anos, procuraram o ex-patrão do serial killer, que é advogado, para ajudá-las a convencer o fugitivo a se entregar.

As duas estiveram na tarde desta terça-feira (22) no escritório de Wesley Lacerda, designado pelos familiares como representante do foragido.

Na ocasião, eles buscaram contato com o homem mais procurado do Brasil, que está em fuga há duas semanas.

De acordo com o advogado, o último contato de Lázaro com a família ocorreu três dias após a chacina cometida em Ceilândia, no DF. O serial killer telefonou para a mãe quando já estava em fuga do cerco policial. Na ocasião, ele utilizou um telefone diferente do que usava habitualmente.

— A partir desse último telefone e de um outro que ele utilizava nós estamos tentando contato para negociar a entrega dele para a Justiça. A família quer convencê-lo — diz Lacerda, em entrevista ao GLOBO. — Ele não tem respondido, mas mandei mensagens do meu celular e dos aparelhos da mulher e da sogra dele. Caso ele venha a ligar esses telefones, ou ligue para as famílias, nós vamos dar andamento.

Lacerda afirma que a mulher e a sogra o procuraram porque estão preocupadas, com medo e desejam que a caçada ao fugitivo acabe logo. Procuradas pelo GLOBO, as duas não quiseram se manifestar.

Segundo o advogado, as mensagens enviadas a Lázaro foram de voz. Nos áudios, a mulher e a sogra começaram a falar e, na sequência, o defensor entra na conversa.

Informações do Jornalista Alfredo Mergulhão de O Globo


Edição Ricardo Bueno