Uefa transfere final da Champions para Porto, em Portugal

A Uefa anunciou nesta quinta-feira (13) que transferiu a sede da decisão da Liga dos
Campeões para a cidade de Porto, em Portugal. O duelo entre os ingleses Manchester City e
Chelsea, agendado para 29 de maio, seria em Istambul, na Turquia.

O motivo principal da mudança do local da partida é a entrada da Turquia na lista vermelha do
Reino Unido. Com isso, os dois finalistas e os torcedores precisariam passar por uma quarentena
de 10 dias, o que atrapalharia a organização da Eurocopa.

Além disso, a Turquia está desde o mês de abril em um rígido isolamento para tentar evitar a
disseminação da Covid-19. No total, o país contabiliza pouco mais de cinco milhões de casos da
doença e quase 44 mil mortes, segundo dados da universidade norte-americana Johns Hopkins.

Com a decisão de deixar de fora o Estádio Olímpico Atatürk, o novo palco da final da Champions
League será o Estádio do Dragão, que tem capacidade para cerca de 50 mil pessoas. A Uefa
ainda revelou que vai dar seis mil ingressos para Manchester City e Chelsea.

Na edição passada da Liga dos Campeões, Portugal recebeu diversos jogos da reta final da
competição. O Estádio da Luz, em Lisboa, foi o local da decisão entre Bayern de Munique e Paris
Saint-Germain. (ANSA).

Todos os Direitos Reservados a ANSA