Twitter retira do ar post onde o CEO da Pfizer diz que as vacinas não funcionam contra a Ômicron

CEO da Pfizer afirma em post no Twitter que as duas doses de seu imunizante não protegem contra a variante Ômicron.

Por causa dessa bombástica declaração, a farmacêutica norte-americana Pfizer tirou do ar, nesta 3ª feira, com a conivência do Twitter um vídeo em que seu CEO, Albert Bourla, diz que duas doses da vacina produzida pela empresa contra a covid-19 podem não fornecer proteção contra a infecção causada pela variante ômicron.

Para quem não sabe, um diretor executivo (CEO) é o principal cargo de uma empresa e suas responsabilidades incluem resolver e tomar decisões importantes.

A declaração foi confirmada por  Clay Travis. A empresa tirou do ar o vídeo publicado na conta do Twitter do comentarista político Clay Travis. A alegação foi de que as imagens ‘infringiram os direitos autorais’ da companhia.

Léo Vilhena | Rede GNI




 

error: CONTEÚDO PROTEGIDO