Três crianças morrem carbonizadas em Porto Alegre

Àcerca de 2 dias, com muita tristeza e resignação, cumprimos o nosso papel de jornalistas e trouxemos a triste informação de que três crianças morreram carbonizadas no Maranhão.

Menos de 48 horas depois desse triste dias para todos aqui na redação, somos obrigados a informar OUTRO caso envolvendo três crianças mortas carbonizadas, dessa vez em Porto Alegre, Rio Gande do Sul.


Três crianças morreram em um incêndio no bairro Humaitá, na Zona Norte de Porto Alegre, na madrugada desta quinta-feira (13). Segundo o Corpo de Bombeiros, as vítimas são um bebê, de um mês de idade, e outras duas crianças, de 2 e 3 anos.

“Nós chegamos no local, primeiramente, nós já nos deparamos com um casal, os pais das três crianças, sendo deslocados ao hospital pela ambulância do Samu. A esposa estava em uma condição crítica em relação as queimaduras, porém, consciente. O marido estava em uma condição ainda mais crítica, ele se encontrava inconsciente. Ambos foram encaminhados ao HPS [Hospital de Pronto Socorro]”, afirma o tenente dos bombeiros Marcelo Rodrigues.

O tenente afirmou que quando a equipe chegou ao local, os agentes foram informados, por vizinhos, que haviam três crianças dentro da casa. Após o combate ao incêndio, os bombeiros encontraram os corpos das vítimas em locais distintos.

“A casa está completamente destruída, era uma casa de madeira. Nós não conseguimos precisar onde é a localização da sala, dos quartos. Os corpos estão próximos as paredes, mas estão carbonizados”, afirma.

Um levantamento será feito para apurar as causas do incêndio.

Matheus Felipe | G1 RS, Léo Vilhena | Rede GNI SP