Tenista russa é presa por suspeita de armação em partida do Roland Garros

Uma tenista russa foi detida na quinta-feira em Paris durante uma investigação por suspeitas de apostas em uma partida deduplas manipulada na edição 2020 de Roland Garros.


LEIA TAMBÉM | Cantora que emocionou público do ‘Caldeirão’ morre vítima de Covid-19


Yana Sizikova, de 26 anos e 101ª no ranking mundial de duplas, foi detida depois de disputar uma partida da edição atual do Grand Slam, como parte da investigação aberta em 1º de outubro por “corrupção esportiva” e “fraude”. A informação foi divulgada pelo jornal “Le Parisien”,  e confirmada por fontes da polícia e da Promotoria da capital francesa.


LEIA TAMBÉM | Brasil enfrenta o Equador nesta Sexta-Feira no Beira-Rio


A investigação foi revelada em outubro pelo jornal alemão “Die Welt” e pelodiário esportivo francês “L’Equipe”, e tem como foco a partida de duplas femininas disputada pelo duo formado por Sizikova e a americana Madison Brengle. Elas jogaram contra as romenas Andreea Mitu e Patricia Maria Tig, em 30 de setembro, na primeira rodada da edição de Roland Garros do ano passado.

AIN, AFP, Globo, Rede GNI


Siga a REDE GNI no Twitter – Clique AQUI