Suspeito é preso: Polícia de NY captura suspeito de ataque no metrô em NY

A polícia de Nova York prendeu nesta quarta-feira (13) Frank James, de 62 anos, suspeito pelo ataque dentro de uma estação de metrô na véspera, disse o prefeito da cidade, Eric Adams.

Ele é apontado como responsável por ter detonado duas bombas de fumaça e atirado contra passageiros em uma estação do Brooklyn. Pelo menos 23 pessoas ficaram feridas.

A comissária de polícia, Keechant Sewell, disse em entrevista coletiva que James foi detido após uma operação em Manhattan – uma das cinco regiões da cidade, assim como o Brooklyn.

“Esperamos que essa prisão traga segurança para a população de Nova York”, disse Sewell.

A polícia indicou inicialmente Frank James como uma “pessoa de interesse” da investigação – após uma chave de uma van, alugada por ele, ter sido encontrada no local do tiroteio –, mas o homem de 62 anos é tratado desde a manhã desta quarta como suspeito pelo crime.

James tem passagem pela polícia e já foi preso ao menos outras nove vezes desde 1998, segundo as autoridades americanas



Exato momento da prisão

ENTENDA O CASO

A polícia de Nova York continua nesta quarta-feira (13) procurando pelo suspeito de ter detonado duas bombas de fumaça e atirado contra passageiros em um vagão do metrô no Brooklin ontem pela manhã. Pelo menos 20 pessoas ficaram feridas.

Em uma entrevista coletiva nesta terça, a polícia apontou Frank James como uma “pessoa de interesse” da investigação. Ele está ligado ao aluguel de uma van que foi encontrada no Brooklin. A polícia não revelou se Frank James é suspeito de ter praticado o ataque ou se ele é alguém relacionado ao caso.

O ataque se desenrolou quando um trem do metrô com destino a Manhattan estava parando em uma estação em Sunset Park, no Brooklyn. Dez pessoas foram atingidas diretamente por tiros, incluindo cinco hospitalizadas em estado grave, mas estável.


LEIA MAIS VÍDEO | Ataque a tiros em estação de metrô deixa ao menos 29 feridos em Nova York

Leia Também

Agressor de procuradora-geral não alegou arrependimento, diz delegada

Leia Mais

Os horrores da guerra do Vietnã: ‘Garota Napalm’ 50 anos depois

Leia Mais

Rottweiler salta de carro em movimento e ataca mulher

Leia Mais