STF recua e não vai suspender indulto a Daniel Silveira

A redação da Rede GNI apurou que após as reações das Forças Armadas os Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) agora defendem que o decreto do presidente Jair Bolsonaro que concedeu perdão de pena ao deputado Daniel Silveira (PTB-RJ) não seja suspenso, neste momento, e que sejam aguardados os próximos passos no processo para se tomar uma decisão final sobre o assunto.

Segundo apurou o blog do Osvaldo Cruz de O Globo, ministros do STF avaliam que é “melhor jogar para frente” uma decisão sobre o decreto presidencial. A estratégia é baixar a temperatura da crise entre os poderes Executivo e Judiciário, que se elevou após a edição do decreto.

O momento da ‘uma possível suspensão’, avaliam ministros, pode ser quando for publicado o acórdão do julgamento do deputado Daniel Silveira, isto é, após o trânsito em julgado do processo; ou então quando o plenário julgar as ações que contestam a constitucionalidade do decreto, o que pode ficar mais para o final do ano.

Léo Vilhena | Jornalista
Editor-Chefe da Rede GNI


 

Leia Também

Os horrores da guerra do Vietnã: ‘Garota Napalm’ 50 anos depois

Leia Mais

Daniel de Souza impactou a IPI de Marília neste domingo

Leia Mais

Amber Heard é condenada por difamar Johnny Depp; Ator é inocentado

Leia Mais