Segurança é suspeito de tentar matar filhos e adolescente envenenados

Um segurança, de 46 anos, é suspeito de tentar matar os filhos de 6 e 9 anos, em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Ele foi preso na noite desta sexta-feira (18), enquanto as crianças recebiam atendimento médico.

De acordo com a polícia, uma adolescente de 17 anos também recebeu cuidados na UPA da cidade. Ela cuidava dos outros dois menores na ausência da mãe deles. Os três apresentavam sonolência, enjoo e náuseas.

Ainda conforme a PM, a médica que atendeu os pacientes suspeitou dos sintomas, característicos de envenenamento. Os militares questionaram o homem.

“Ele negou, mas depois confessou que fez uma mousse, colocou os medicamentos dentro e deu para as vítimas”, contou a aspirante Carolinne Marques, da Polícia Militar.

A polícia foi até o apartamento onde a família mora e recolheu diversos medicamentos, alguns de uso controlado. Outros nem tinham rótulo e podem ter sido colocados na sobremesa.

Os militares contaram que o homem teria agido por vingança. Ele estaria vivendo uma crise conjugal com a companheira e, após um desentendimento, misturou os comprimidos na receita. Os dois filhos e a adolescente, que é sobrinha da mulher, comeram e passaram mal. O homem também ingeriu a mousse e acabou procurando a UPA.

O suspeito confessou que está fazendo um tratamento contra a depressão e está afastado do trabalho.

Ele foi preso após ser liberado pelos médicos da UPA. Pode responder pelo crime de tentativa de homicídio.

O estado de saúde das vítimas é estável e devem ser transferidas para outras unidades de saúde, para permanecerem em observação.

Guilherme Pimenta e Magno Dantas, g1 Minas e TV Globo


Leia Também

Agressor de procuradora-geral não alegou arrependimento, diz delegada

Leia Mais

Idosa e diarista são encontradas degoladas em imóvel de luxo

Leia Mais

Rottweiler salta de carro em movimento e ataca mulher

Leia Mais