Rússia diz ter matado 500 soldados ucranianos em apenas uma noite

O Ministério da Defesa da Rússia afirmou na manhã desta terça-feira que matou 500 soldados ucranianos na noite anterior, afirmando que sua Força Aérea atingiu 87 alvos militares no país, que invadiu em 24 de fevereiro. A Ucrânia ainda não se pronunciou sobre a alegação.

“Durante a noite, mísseis aéreos de alta precisão das Forças Aeroespaciais russas atingiram quatro instalações militares da Ucrânia, incluindo duas áreas de concentração de mão de obra e equipamento militar do inimigo, bem como dois depósitos de munição perto de Kurulka e Novaya Dmitrovka, na região de Kharkov. A aviação operacional-tática e do Exército atingiu 87 alvos militares da Ucrânia. Entre eles, 79 áreas concentram mão de obra e equipamentos militares”, informou o  ministério em comunicado.

Nas redes sociais, as forças russas compartilharam um vídeo que seria de um projétil atingindo uma base de armazenamento e reparo para as Forças Armadas ucranianas. No local, haveria munições, armas, documentação e outros equipamentos pertencentes aos militares ucranianos. O mesmo vídeo também mostra tanques russos e outros veículos em ação.


 

Leia Também

Atriz Anne Heche tem morte cerebral declarada e aparelhos serão desligados

Leia Mais

Idosa e diarista são encontradas degoladas em imóvel de luxo

Leia Mais

Os horrores da guerra do Vietnã: ‘Garota Napalm’ 50 anos depois

Leia Mais