Rússia diz que Ucrânia atacou um posto na fronteira

A agência FSB, um dos serviços de segurança da Rússia, afirmou nesta segunda-feira (21) que um obus disparado do território da Ucrânia destruiu um posto de fronteira russo na região de Rostov. Não houve mortos nem feridos, de acordo com a agência de notícias Interfax.

O incidente ocorreu a 150 metros da linha de fronteira entre a Rússia e a Ucrânia, de acordo com o texto da Interfax.

“Em 21 de fevereiro, às 9h50, um obus de tipo não identificado disparado do território da Ucrânia destruiu o posto de serviço dos guardas de fronteira na região de Rostov, a uma distância de cerca de 150 quilômetros da fronteira russo-ucraniana”, relatou a FSB, citado pelas agências russas de notícias.

“Não houve vítimas. O pessoal especializado em desminagem trabalha no local”, acrescentou o FSB, que também é responsável pelo serviço de guarda de fronteira na Rússia.

Um vídeo atribuído à FSB e publicado pela agência pública de notícias Ria Novosti mostra uma pequena estrutura destruída em uma planície arborizada e escombros espalhados pelo chão.

Ucrânia nega

Oleksiy Danilov, o principal líder de segurança da Ucrânia, afirmou que o país não ataca civis.

Desde 2014, há grupos de separatistas rebeldes no leste da Ucrânia que é considerado pró-Rússia. Na região há conflitos há anos.

Na semana passada, os grupos rebeldes e o governo ucraniano trocaram acusações de ataques.


Leia Também

Agressor de procuradora-geral não alegou arrependimento, diz delegada

Leia Mais

Idosa e diarista são encontradas degoladas em imóvel de luxo

Leia Mais

Fluminense vence o Atlético-MG no Maracanã em noite de oito gols

Leia Mais