Repórter que foi esfaqueado em Brasília, está em estado gravíssimo

O repórter cinematográfico Magno Lúcio, de 52 anos, esfaqueado nesta segunda-feira (4), durante um assalto em uma parada de ônibus, passou por uma cirurgia no Hospital Regional de Ceilândia (HRC). Segundo os médicos, o estado de saúde dele é grave.

Magno Lúcio trabalha no SBT, em Brasília, e foi ferido na altura do abdômen. Ele esperava o ônibus na EQNP 8/12, no PSul, para ir para o trabalho, por volta das 5h30.

Segundo testemunhas, os assaltantes fugiram de carro, levando pertences da vítima. Ninguém havia sido preso até a publicação dessa reportagem.

A Polícia Civil investiga o caso como tentativa de latrocínio.

Globo