Renan Calheiros causa revolta ao citar o holocausto na CPI da Covid

Como tem sido uma rotina no início dos trabalhos da CPI da Covid, o  relator Renan Calheiros (MDB-AL) causou uma enorme saia justa nesta Terça-Feira, 25/05, e causou uma enorme confusão no plenário da CPI porque começou sua fala fazendo um resgate histórico do nazismo, o Tribunal de Nuremberg e consciente ou ‘sem querer’, traçou uma paralelo da pandemia da Covid e as mortes no Brasil, com o holocausto.

Foram comparações infelizes, desnecessárias e até diria criminosas.

A fala irritou os senadores Fernando Bezerra (MDB-PE), Marcos Rogério (DEM-RO), Luis Carlos Heinze (PP-RS) e Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ). Renan Calheiros afirmou que não estava comparando as duas situações nem fazendo pré-julgamentos.

Imediatamente a Conib (Confederação Israelita do Brasil) repudiou as falas sobre o nazismo feitas pelo relator Renan Calheiros (MDB-AL) na CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid, no Senado. Segundo a nota publicada pela entidade, as comparações são indevidas e “muitas vezes com fins políticos, são um desrespeito à memória das vítimas do Holocausto e de seus descendentes”.

Segundo o senador, Nuremberg é um dos julgamentos mais famosos da história e onde “o mundo procurou encontrar respostas para um crime até hoje inconcebível, o genocídio de seis milhões de judeus nos campos de concentração do regime nazista”.

Eis a íntegra da nota publicada pela Conib nesta 3ª feira:

“A Conib, Confederação Israelita do Brasil, repudia mais uma vez comparações completamente indevidas do momento atual, agora feitas na CPI da Covid, com os trágicos episódios do nazismo que culminaram no extermínio de 6 milhões de judeus no Holocausto.

Essas comparações, muitas vezes com fins políticos, são um desrespeito à memória das vítimas do Holocausto e de seus descendentes. A Conib inclusive criou uma campanha contra a banalização do Holocausto, para que possamos compreender melhor as verdadeiras dimensões dos fatos e assim contribuir para um melhor entendimento do presente. Assistam e compartilhem.”


A base governista reagiu. Durante entrevista na manhã desta Quarta-Feira, 26/05, o Senador Marcos Rogério (DEM-RO), um dos melhores senadores dessa legislatura, disse a BandNews FM 96,9 que:

“Ele (Renan) já tem uma sentença formada e já tem um pré-relatório de condenação voltado ao Governo Federal.”

Fica claro que o objetivo desta CPI é atacar o governo de Jair Messias Bolsonaro…

Léo Vilhena | Rede GNI