Rapper é assassinado momentos depois de assinar primeiro contrato com gravadora

O jovem rapper TDott Woo foi morto a tiros no Brooklyn, bairro onde cresceu, na tarde de terça-feira, pouco depois de assinar seu primeiro contrato com uma gravadora.

O artista e dançarino, de 22 anos, cujo nome verdadeiro é Tahjay Dobson, foi atingido na cabeça e no joelho esquerdo em um tiroteio na Avenida L, perto da East 98th Street, por volta das 14h20, revelou a polícia ao New York Post.

TDott, que era amigo do falecido rapper Pop Smoke – outro nome em ascensão, morto em um assalto em 2020 -, foi levado ao Brookdale Hospital Medical Center e declarado morto, disseram os policiais.

Horas antes de sua morte, TDott havia fechado um acordo com a Million Dollar Music, que anunciou a contratação em um comunicado à imprensa postado em sua conta no Instagram.

A gravadora descreveu TDott como uma “estrela em ascensão” e disse que “ele ganhou destaque por seu ‘Woo Walk’ em uma comunidade cuja música atingiu e continua a eletrizar o mundo”.


 

Leia Também

Os horrores da guerra do Vietnã: ‘Garota Napalm’ 50 anos depois

Leia Mais

Daniel de Souza impactou a IPI de Marília neste domingo

Leia Mais

Homens armados matam 50 pessoas em igreja católica na Nigéria

Leia Mais