Presidente do Senado da Itália recebe ameaças de morte

A presidente do Senado da Itália, Elisabetta Casellati, apresentou nesta sexta-feira (28) uma denúncia por ser alvo de “uma escalada de ódio” e “de pesadas ameaças de morte” nas redes sociais.

Segundo relatos da assessoria de imprensa do Palazzo Madama, os primeiros insultos foram registrados no início do mês passado, quando Casellati começou a receber uma série de cartas anônimas.

Ontem (27), no entanto, as mensagens culminaram “em pesadas ameaças de morte nas redes sociais”. Em uma das publicações no Twitter está escrito “vamos matar Casellati”, enquanto que em outra é possível ler “eu quero matar Casellati”.

Um dos usuários da página, autointitulado “romeno”, também faz outra ameaça de morte e diz que ela é uma “vergonha”.

Esta não é a primeira vez que representantes do governo são alvos de ameaças. No início do mês, o Grupo de Operações Especiais (ROS) da Arma dos Carabineiros da Itália realizou uma operação em oito cidade contra 11 pessoas acusadas de insultos e ameaças contra o presidente do país, Sergio Mattarella. (ANSA)

TODOS LOS DERECHOS RESERVADOS. © COPYRIGHT ANSA