Policial militar mata síndico e comete suicídio

Um policial militar matou um síndico e cometeu suicídio na manhã desta terça-feira (15), em Jundiaí(SP). O crime foi registrado na Avenida Dr. Adilson Rodrigues , no Jardim Samambaia.

Segundo a polícia, o PM também foi síndico no mesmo condomínio e a motivação da briga de condomínio foi por desentendimentos em questões administrativas.

Ainda conforme a polícia, os envolvidos começaram a discutir ainda no condomínio, que fica no mesmo bairro, quando os dois saíram de carro e começaram a se fechar no trânsito.

Na sequência, o PM atirou contra o síndico, que não resistiu aos ferimentos. Após o crime, o policial voltou para casa, onde se matou.

A mulher do atual síndico foi socorrida em estado de choque e levada a um hospital da cidade. O PM não estava trabalhando no momento do crime.

Policiais civis e peritos foram até o condomínio e a rua onde ocorreram os disparos. O delegado do 5º DP, responsável pela investigação, começou a ouvir testemunhas e pediu imagens de câmeras de segurança do condomínio.

A arma usada pelo policial foi apreendida e o caso foi registrado como homicídio seguido de suicídio.

 Fernanda Elnour, TV TEM


Leia Também

Agressor de procuradora-geral não alegou arrependimento, diz delegada

Leia Mais

Idosa e diarista são encontradas degoladas em imóvel de luxo

Leia Mais

Rottweiler salta de carro em movimento e ataca mulher

Leia Mais