Polícia atirou contra duas pessoas dentro de um carro em Paris que não parou em uma blitz

A polícia francesa matou a tiros dois homens em um carro que se dirigiu até eles depois de não parar para uma verificação no centro de Paris, disse o Ministério Público nesta segunda-feira (25). Um terceiro homem no carro ficou ferido.

O tiroteio ocorreu durante a noite depois que Emmanuel Macron foi reeleito para um segundo mandato como presidente francês na noite de domingo, mas não há indicação imediata de que o incidente estivesse ligado à eleição ou à atividade militante.

A polícia inicialmente avistou o carro dirigindo na contramão na “Pont Neuf”, no centro de Paris, e tentou pará-lo para fazer verificações. Eles abriram fogo quando o carro os atingiu.

O motorista e um passageiro nos bancos da frente, de 25 e 31 anos, morreram e um terceiro homem, de 42 , sentado na parte de trás do carro, ficou ferido.

O departamento de polícia de Paris está investigando o incidente como um caso de tentativa de homicídio culposo de autoridades públicas. O órgão de vigilância da polícia (IGPN) questionou o policial que se acredita ter realizado o tiroteio na segunda-feira.


Leia Também

Atriz Anne Heche tem morte cerebral declarada e aparelhos serão desligados

Leia Mais

Agressor de procuradora-geral não alegou arrependimento, diz delegada

Leia Mais

Idosa e diarista são encontradas degoladas em imóvel de luxo

Leia Mais