Outro ataque deixa mortos em escola

Ao menos oito pessoas foram mortas e mais de 20 ficaram em uma escola em Kazan, na Rússia, nesta terça-feira (11). Um agressor de 19 anos foi preso, segundo autoridades russas, e outro foi morto pela polícia.

O número de vítimas ainda é incerto.

As agências de notícias Associated Press e Interfax dizem que são oito mortos — sete crianças e um professor. A Reuters fala em sete crianças mortas. Já a agência de notícias estatal russa RIA Novosti afirma que 11 pessoas morreram.

Testemunhas dizem ter ouvido uma explosão e depois os tiros. Alguns estudantes conseguiram escapar do prédio durante o ataque, mas outros ficaram presos lá dentro e foram evacuados depois. A escola foi cercada pela polícia.

Um vídeo divulgado pela RIA mostra duas crianças pulando do terceiro andar da escola para escapar dos tiros.

Rustam Minnikhanov, governador do Tartaristão, disse que as vítimas são estudantes da oitava série. “Perdemos sete crianças… Quatro meninos e três meninas”.

Segundo autoridades de saúde da região, 21 pessoas foram hospitalizadas após o ataque, incluindo 18 crianças. Seis estão na UTI.

Imagens publicadas nas redes sociais mostraram um jovem sendo imobilizado no chão por um policial do lado de fora do prédio da escola.

“O terrorista está preso, [tem] 19 anos. Uma arma de fogo está registrada em seu nome”, disse Minnikhanov após visitar a escola. “Outros cúmplices não foram identificados e uma investigação está em andamento”.

AIN, G1, Rede GNI