Outro ataque a tiros nos EUA: Atirador invade clínica e deixa mortos e feridos

Suspeito de ser atirador foi morto por policiais da cidade de Tulsa, no estado de Oklahoma, após invadir um hospital e disparar contra as pessoas presentes. A cena foi descrita pelos policiais, segundo a imprensa local, como “catastrófica”. A agência de notícias Associated Press confirmou que há mortos no local.

Segundo o canal de televisão KOTV-DT, ao menos 4 pessoas morreram. Entre elas estaria o próprio atirador. Ao jornal The New York Times, o capitão Richard Meulenberg disse não saber se o atirador foi morto por balas da polícia ou se disparou contra si mesmo.

Pelo menos uma pessoa está em estado de saúde grave.

A polícia de Tulsa atendeu a um chamado nesta tarde sobre a presença de um homem munido de um rifle no Natalie Building, no St. Francis Hospital, prédio onde funciona um ambulatório cirúrgico.

O presidente Joe Biden esteve na cidade de Tulsa nesta quarta-feira para participar de uma cerimônia que lembrou os 101 anos do massacre de Tulsa, quando um grupo de supremacistas brancos atacou um bairro negro da cidade.

No momento, policiais vasculham o prédio do hospital a procura de outras possíveis ameaças.


Leia Também

Agressor de procuradora-geral não alegou arrependimento, diz delegada

Leia Mais

Idosa e diarista são encontradas degoladas em imóvel de luxo

Leia Mais

Fluminense vence o Atlético-MG no Maracanã em noite de oito gols

Leia Mais