Novo temporal neste domingo em Petrópolis tem cinco mortos e desaparecidos

A Defesa Civil Estadual e o Corpo de Bombeiros confirmaram ao menos cinco mortos e quatro desaparecidos, vítimas do temporal que voltou a atingir Petrópolis, na Região Serrana do Rio, desde a tarde deste domingo (20). O boletim foi divulgado na madrugada desta segunda-feira (21). Foram mais de 95 ocorrências registradas na cidade, entre deslizamentos e alagamentos.

Dois óbitos foram registrados no Morro da Oficina, no Alto da Serra, que foi a área mais afetada no temporal de 15 de fevereiro. Outros dois na Washington Luiz, onde uma pessoa foi resgatada com vida e outras três são procuradas; e o quinto óbito foi registrado na rua Pinto Ferreira, no bairro Valparaíso.

Equipes dos órgãos estão mobilizadas para atender as ocorrências. Também ocorreram salvamentos de pessoas ilhadas e atendimentos em deslizamentos na Rua 24 de Maio; na Rua Pedro José Stumpf Sobrinho, no Bingen; e na Rua Olga Castrioto, no bairro São Sebastião; todos sem vítimas.

“A corporação já mobilizou as unidades especializadas para apoiar as operações: Grupamento de Busca e Salvamento e 1° Grupamento de Socorro Florestal e Meio Ambiente”, disse o Estado em nota.

A previsão de chuva forte pode se estender até a noite e madrugada desta segunda-feira (21). De acordo com a Prefeitura, 149 pessoas estão acolhidas em quatro pontos de apoio nas localidades do Morin, Vila Felipe, Sargento Boening, Alto da Serra, São Sebastião, Amazonas, Independência e Quitandinha.

Ariane Marques, g1 — Petrópolis
Foto: Print do RJTV1


Leia Também

Agressor de procuradora-geral não alegou arrependimento, diz delegada

Leia Mais

Idosa e diarista são encontradas degoladas em imóvel de luxo

Leia Mais

Fluminense vence o Atlético-MG no Maracanã em noite de oito gols

Leia Mais