Mulher grávida é morta com tiro e bebê também não resistiu

Jéssica Regina Macedo Carmo

Um mulher foi morta na noite de sábado, com um tiro no município de Santo Estevão, a cerca de 150 quilômetros de Salvador, no sábado (5). Segundo o irmão da vítima, ela estava grávida de 9 meses e o bebê também não sobreviveu.

A vitima foi identificada como Jéssica Regina Macedo Carmo, biomédica que trabalhava em uma laboratório na cidade. Ela era casada com o ex-vereador e atual chefe de gabinete na Câmara Municipal de Santo Estevão, George Abreu.

De acordo com a Polícia Civil, o autor dos disparos se apresentou na Delegacia Territorial de Santo Estevão e afirmou que o tiro foi acidental. A polícia não informou a identidade do suspeito.

Já de acordo com o irmão da vítima, Jéssica estava em casa com o marido no momento do crime. Após o disparo, George a teria levado até o Hospital Doutor João Borges Cerqueiral e o parto chegou a ser feito, mas ela e o bebê não resistiram aos ferimentos.

O irmão da vítima afirma que a casa do casal era equipada com câmeras de segurança, mas que as imagens do momento do crime teriam sido excluídas.

Ainda segundo o familiar, Jéssica estava no relacionamento há cerca de um ano e dois meses. Em certa ocasião, ela teria chegado na casa da família com o olho roxo e hematomas no corpo.

Jéssica e o filho estão sendo enterrados na manhã deste domingo (6), no Cemitério São Francisco de Assis, em Santo Estevão. Ela deixou uma filha, de 6 anos, fruto de outro relacionamento. A menina mora com a avó, mãe da vítima.


Leia Também

Morre o prefeito de Pedro Juan Caballero, após ser vítima de um atentado

Leia Mais

Madrasta ‘ficou rindo’ ao servir mais feijão envenenado ao enteado

Leia Mais