Mulher é presa por oferecer filha de 14 anos para prostituição por R$ 100

Uma mulher de 35 anos foi presa nesta terça-feira (1º) suspeita de oferecer a filha adolescente, de 14 anos, para prostituição em Paraibuna, no interior de SP. De acordo com a Polícia Civil, ela foi presa depois de uma denúncia em que ela aparecia em uma troca de mensagens com homens oferecendo programas com ela e a filha.

Segundo a polícia, a mulher teria abordado uma série de homens oferecendo relação sexual em troca de dinheiro. Nas mensagens, ela oferece aos “clientes” que tenham, primeiro, relações com a filha e, depois, com ela, sendo que o programa com a menina custaria R$ 100.

Em algumas das mensagens, a mãe chega a dizer que está ensinando a menina para oferecer os serviços prometidos. Segundo a polícia, a mulher tem histórico de uso de drogas.

A polícia pediu à Justiça a prisão dela nesta segunda-feira (31), e o mandado fui cumprido nesta terça. As duas filhas adolescentes da suspeita foram encaminhadas ao conselho tutelar e estão em abrigos provisórios.

Mãe negou crime à polícia

De acordo com a polícia, na delegacia a mãe negou o crime e disse que não teria feito as ofertas. Ela alegou que teve o aplicativo de mensagens invadido por um terceiro.

A polícia informou que investiga a versão da mãe de invasão do aplicativo de mensagens e apura se a adolescente chegou a ser vítima de abuso.. A investigação também busca a identidade dos homens envolvidos nas conversas.


VEJA AS CONVERSAS:

Leia Também

Agressor de procuradora-geral não alegou arrependimento, diz delegada

Leia Mais

Idosa e diarista são encontradas degoladas em imóvel de luxo

Leia Mais

Rottweiler salta de carro em movimento e ataca mulher

Leia Mais