Mortos em enchentes na Europa sobem para 168

Equipes de resgate vasculharam, neste sábado, partes da Alemanha e da Bélgica devastadas pelas inundações à procura de sobreviventes. As buscas ocorrem após chuvas e transbordamentos de rios nesta semana que destruíram casas e custaram pelo menos 168 vidas, segundo os cálculos mais recentes.

Cerca de 141 pessoas morreram no Oeste da Alemanha, no pior desastre natural do país em mais de meio século. Isso inclui cerca de 98 óbitos no distrito de Ahrweiler, ao sul de Colônia, de acordo com a polícia. Centenas de pessoas ainda estão desaparecidas.

“Tudo está completamente destruído. Você não reconhece a paisagem”, disse Michael Lang, dono de uma loja de vinhos na cidade de Bad Neuenahr-Ahrweiler em Ahrweiler, lutando contra as lágrimas.

Cerca de 700 residentes foram evacuados na noite de sexta-feira após o rompimento de uma barragem na cidade de Wassenberg, perto de Colônia, disseram as autoridades.

Reuters, Globo, AIN


Edição: Léo Vilhena | Mundo