Ministério da Saúde negocia antecipação de 10 milhões de doses da vacina da Janssen

O Ministério da Saúde está em negociações com a Jonhson & Johnson para antecipar a chegada de pelo menos 10 milhões de doses da vacina contra a covid-19 da Janssen, braço farmacêutico da empresa norte-americana. Os imunizantes chegariam ao Brasil em julho. As informações são da CNN Brasil.

Segundo o contrato firmado entre o governo brasileiro e a Janssen, o país contará com 38 milhões de doses da vacina, que seriam entregues até o último trimestre deste ano. A empresa teria sinalizado que poderá antecipar a entrega de parte desse montante para o meio do ano.

Desde que começou a ser aprovada por agências regulatórias de saúde de diversas partes do mundo, a vacina da Janssen foi apontada como a ideal para o Brasil, pois teria capacidade de acelerar a imunização no país por ser aplicada em dose única, ao contrário da maioria dos imunizantes usados no combate à doença.

Como noticiamos ontem, o Ministério da Saúde terá à disposição 43,8 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 para distribuir aos Estados e municípios brasileiros em junho, a maior quantidade mensal desde o início da pandemia. A projeção é menor do que a anterior, que previa 54 milhões de doses no próximo mês.

Fábio Matos – Revista Oeste, Rede GNI