Mãe e filha são mortas à facadas no Rio de Janeiro

Os corpos de Lucimar Freitas da Silva Vasconcelos, de 46 anos, e de sua filha, a técnica de enfermagem Adriana Vasconcelos da Silva, de 19, foram encontrados esfaqueados na casa da família, em um condomínio no Bracuí, em Angra dos Reis, Região da Costa Verde, na tarde desta quarta-feira, dia 3. O principal suspeito, um homem de 38 anos que seria ex-namorado de Lucimar, se apresentou à polícia, está passando por exames no Instituto Médico-Legal (IML) da cidade, mas nega participação no crime.

De acordo com o delegado Vilson de Almeida Silva, titular da 166ª DP (Angra dos Reis), as investigações estão em andamento neste momento, com a perícia de local e diligências na região em busca de informações. Segundo a Polícia Militar, ao chegarem no local, agentes encontraram as vítimas mortas e a porta da casa aberta. Um sobrinho de Lucimar foi o primeiro a chegar ao imóvel. No local, testemunhas informaram que o ex-namorado de Lucimar teria sido a última pessoa a entrar na residência.

Segundo o Corpo de Bombeiros, homens do quartel de Angra dos Reis foram acionados às 14h08 para levarem os corpos ao Instituto Médico-Legal (IML) da cidade.