‘Lázaro descarregou a pistola em cima dos policiais’, afirma secretário de Segurança de Goiás

O secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, disse que Lázaro Barbosa Sousa, de 32 anos, tinha uma rede de pessoas que o acobertaram durante os 20 dias em que passou fugindo da polícia na área rural dos municípios de Cocalzinho e Águas Lindas de Goiás. O criminoso foi morto nesta segunda-feira, após trocar tiros com agentes. Segundo Rodney, Lázaro estava armado e atirou contra as equipes:

— Temos filmagens que vamos mostrar para vocês: ele estava armado. Ele foi para o mato, fizemos o cerco. Ele tentou fugir do cerco e confrontou a equipe do major Edson. Um trabalho coletivo e, graças a Deus, nenhum policial foi ferido. Ele, na hora da abordagem, descarregou a pistola em cima dos policiais. E não tivemos outra alternativa senão revidar.

Lázaro teria feito ainda ameaças aos policiais quando foi visto em Águas Lindas, onde teria ido à casa da ex-sogra e da ex-mulher.

— Ele foi para buscar, para encontrar com elas. Nós estávamos monitorando. Tentamos ali já pegá-lo. Ele chegou a ameaçar alguns policiais dizendo que se entrassem  na mata atrás dele, ele daria tiro na cara. Fizemos o cerco prudentemente, tecnicamente — relatou Rodney.

O secretário afirmou ainda que, ao ser colocado na ambulância, Lázaro estava vivo.

— Ele foi conduzido com vida mas chegou no hospital e foi a óbito — disse.

Rodney informou que Lázaro não agia sozinho. De acordo com ele, o criminoso vinha recebendo apoio:

— Estava trocando de roupa mais uma vez: mais uma prova que tiinha uma rede que o acobertava. E essa questão de ele querer fugir também, patrocinado logicamente, mostra que tinha gente não interessada na prisão dele.

Ana Carolina Torres | O Globo,Rede GNI


One thought on “‘Lázaro descarregou a pistola em cima dos policiais’, afirma secretário de Segurança de Goiás

Fechado para comentários.