Janaina Paschoal: ‘Não se pode investigar prevaricação, sem investigar se houve crime’

A ministra do Supremo Tribunal Federal Rosa Weber autorizou na noite de ontem, sexta-feira 2, a abertura do inquérito para investigar se o presidente Jair Bolsonaro cometeu crime de prevaricação no caso da vacina indiana Covaxin. A decisão atendeu a um pedido da Procuradoria Geral da República.

De acordo com a ministra, a solicitação de abertura do inquérito tem como base elementos coletados na CPI da Covid, a exemplo das declarações dos irmãos Miranda, que afirmaram ter avisado pessoalmente o presidente sobre indícios de irregularidades na compra do imunizante indiano contra a covid-19.

Sobre o caso, a deputada estadual Janaina Paschoal (PSL) se manifestou no Twitter:

Redação da Revista Oeste

Janaina Paschoal: ‘Não se pode investigar prevaricação, sem investigar se houve crime’


Edição: Micaela Noronha | Rede GNI