Irmãos morrem após caírem em poço com 30 metros e inalarem gás

Dois irmãos, identificados como Lucas Marques Monteiro, de 30 anos, e Jonas Marques Monteiro, de 28 anos, morreram depois de caírem em um poço artesiano de aproximadamente 30 metros de profundidade no Jardim Independência, em Anastácio (MS) – cidade a 132 quilômetros de Campo Grande. Um militar do Corpo de Bombeiros que ajudou no resgate dos corpos precisou ser hospitalizado.

De acordo com o delegado Gabriel Salles, um dos irmãos tentou consertar a bomba d’água que fica em uma plataforma pouco acima do nível da água. Usando uma corda, Lucas tentou retirar uma peça que caiu no local, em uma plataforma, localizada a 30 metros de profundidade.

Ao perceber que o irmão passava mal, o outro entrou no poço para tentar ajudar e evitar que ele caísse inconsciente na água, porém também acabou perdendo a consciência minutos depois. Um tio viu os dois passando mal e acionou o Corpo de Bombeiros Militar.

Segundo o delegado, as vítimas teriam ficado inconscientes após inalar gases exalados da queima de óleo diesel, que é utilizado como combustível para fazer funcionar a bomba d’água. O motor estava no fundo do poço, o que contribui para a concentração de gases no local fechado.

O acidente ocorreu no final da tarde desta quinta-feira (28). Várias viaturas do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar foram ao local, mas não conseguiram salvar a vida dos dois homens.

Um dos corpos foi encontrado em cima da plataforma onde estava o motor, e o segundo estava submerso em uma profundidade de aproximadamente oito metros na água do poço.

O militar do Corpo de Bombeiros, Fábio dos Santos, que ajudou no resgate dos irmãos Lucas e Jonas, está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Pronto Socorro de Aquidauana.

Conforme apurado pela reportagem, Fábio desceu no poço, de aproximadamente 30 metros de profundidade, sem equipamentos de segurança e precisou ser socorrido ao apresentar sinais de desorientação. O militar inalou o gás acumulado em grandes proporções no fundo do poço e precisou ser hospitalizado.

Após o ocorrido, a equipe utilizou equipamentos de mergulho com cilindro de oxigênio durante os trabalhos de resgates. A Polícia Civil de Anastácio investiga o caso, e a perícia vai apontar a causa da morte dos dois irmãos.

G1 MS e TV Morena — Mato Grosso do Sul


Leia Também

Operação policial no Rio de Janeiro termina com 11 mortos

Leia Mais

Jovem é tatuada à força com nome de ex-namorado no rosto

Leia Mais

Mulher é esfaqueada e escapa de feminicídio com a ajuda da babá e filhos

Leia Mais