Incêndio em hospital mata pacientes na Índia

Incêndio no hospital Vijay Vallabh, nos arredores de Mumbai, na Índia, matou 13 pacientes de Covid nesta sexta-feira (23), informou o Corpo de Bombeiros.

“Havia 17 pacientes lá dentro quando o incêndio começou na unidade de terapia intensiva (UTI) do hospital Vijay Vallabh, dos quais 13 morreram e outros quatro foram transferidos para outras unidades”, relatou o chefe do corpo de bombeiros, Morrison Khavari.

As causas do fogo ainda estão sendo investigadas. Investigação preliminar dos bombeiros informou que o fogo pode ter começado em um aparelho de ar-condicionado.

A Índia enfrenta seu pior momento na pandemia, com cerca de 4 milhões de novos infectados desde o início de abril, devido, em grande parte, a uma “dupla mutação” do vírus e a eventos com muita aglomeração, como a festa religiosa de Khumb Mela.

O país registrou 314.835 novas infecções na quinta (22), superando o recorde dos Estados Unidos em janeiro, quando atingiu 297.430 novos casos. Além disso, autoridades de saúde em todo o norte e oeste da Índia, incluindo a capital, Nova Delhi, disseram que estão em crise, com a maioria dos hospitais lotados e sem oxigênio.

A Índia também sofre com a falta de oxigênio, medicamentos e leitos hospitalares.

AIN, France Presse, G1, Rede GNI